UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

FACULDADE DE EDUCAÇÃO

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

DOUTORADO EM EDUCAÇÃO

 

 

 

 

TECNOLOGIA ASSISTIVA PARA UMA ESCOLA INCLUSIVA: APROPRIAÇÃO, DEMANDAS E PERSPECTIVAS

 

 

 

TEÓFILO ALVES GALVÃO FILHO

 

  Orientadora: Profa. Dra. Theresinha Guimarães Miranda

 

  

RESUMO

 

 

Num mundo mergulhado em profundas e  aceleradas transformações, a Tecnologia Assistiva emerge como uma área do conhecimento e de pesquisa que tem se revelado como um importante horizonte de novas possibilidades para a autonomia e inclusão social dos alunos com deficiência. Na busca de entender e discutir como a “instituição Escola” tem percebido e vivenciado essas possibilidades em suas práticas e processos, principalmente os relacionados com a Educação Inclusiva, esta pesquisa estudou, através de uma abordagem de Estudo de Caso, o processo de apropriação e uso da Tecnologia Assistiva por escolas públicas de Ensino Básico do município de Salvador, Bahia, tecnologia essa necessária para a inclusão de alunos com deficiência em suas salas de aula. O estudo foi operacionalizado por meio de entrevistas realizadas em quatro escolas com os profissionais que vivenciam e gerenciam mais diretamente essas realidades, que são os seus gestores, professores, coordenadores pedagógicos e os responsáveis por Salas de Recursos. Nesse sentido, a pesquisa fundamentou-se no pensamento de Bronfenbrenner sobre o modelo ecológico de desenvolvimento, e também na perspectiva sócio-histórica proposta por Vygotsky, mais particularmente nos seus Fundamentos de Defectologia, além do suporte teórico sobre Educação Inclusiva encontrado em autores como Mantoan, Baptista, Miranda, Manzini, Rodrigues e outros, e sobre a relação das Tecnologias de Informação e Comunicação com a educação, encontrada em Lévy, Papert, Silva, Pretto, Bonilla e outros. Como resultados da pesquisa, destacam-se, além da constatação dos avanços e conquistas verificados no processo de apropriação da Tecnologia Assistiva pelas escolas estudadas, também, e majoritariamente, as dificuldades e obstáculos encontrados nesse processo pelos profissionais entrevistados, juntamente com as demandas desses profissionais por ações mais efetivas das gestões centrais das redes educacionais públicas às quais pertencem, e por políticas públicas consistentes e sistemáticas que favoreçam uma maior agilidade e eficácia no processo de apropriação e uso da Tecnologia Assistiva necessária para a inclusão escolar de alunos com deficiência. Foi possível detectar e analisar, também, as contradições existentes entre o paradigma educacional tradicional hegemônico nas escolas e os princípios da Educação Inclusiva, contradições essas percebidas como desestruturadoras dos processos de apropriação e uso da Tecnologia Assistiva por essas escolas. A partir dos dados obtidos, analisados e discutidos, são apresentadas possibilidades concretas de novos horizontes, perspectivas e políticas públicas que favoreçam e viabilizem o avanço nesses processos, tal como a implantação de Centros de Referência em Tecnologia Assistiva e Acessibilidade, e a construção de ambientes telemáticos de aprendizagem favorecedores de práticas educacionais escolares mais inclusivas e compatíveis com as necessidades da sociedade contemporânea.

Palavras-chave: Educação Inclusiva, Tecnologia Assistiva, Alunos com deficiência, Aprendizagem escolar.
 

 

BAIXAR A TESE EM:

http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=139163

ou

https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/10563/1/Tese Teofilo Galvao.pdf

 

 

____________________________________________________________________________________________________________

 

 

ABSTRACT



In a deeply changing world, Assistive Technology emerges as a knowledge and research area which has shown an important horizon of new possibilities of autonomy and social inclusion to students with disabilities. In order to understand and discuss how the school as an institution has noticed and experienced those possibilities in its practices and processes, maily the ones related to inclusive education, this work analyzed through a case study research the appropiation and use of Assistive Technology, which is needed to the inclusion of students with disabilities in classroom, in elementary public schools in Salvador, Bahia. This study was developed, in four schools, through accounts of professionals such as directors, teachers, coordinators and supervisors who experienced and managed directly those realities. Therefore, this study was based on Bronfenbrenner’s Ecological Model of development theory and Vygotsky’s Social-Historical Theory, mainly on his Defectology Fundaments. Also, theoretical support about inclusive education found on authors such as Mantoan, Baptista, Miranda, Manzini, Rodrigues and others, and the relation between informational and communicational technologies and education found on Lévy, Silva, Gomez, Pretto, Bonilla and others. As a result, we could observe the advances and achivements in the process of assistive technology appropriation at the schools analyzed as well as, and principally, the difficults and obstacles found in the process by the professionals enterviewed and also their demands for more effective actions from the public educational secretaries which they belong to and consistent and systematic public policies which favor agility and effectiveness in the process of appropriation and use of assistive technology that is needed to the inclusion of students with disabilities. It was also possible to detect the existing contradictions between the traditional and hegemonic educational paradigm in the schools and the principles of inclusive education. These contradictions were observed as disturbing factors of the assistive technology process in the schools. Based on obtained, analyzed and discussed datas, concrete possibilities of new horizons, perspectives and public policies are showed in order to favor and make possible the advance of process, such as the implementation of assistive technology and accessibility of reference centers, and the construction of telematic learning ambients which favor educational practices more inclusive and compatible to the contemporary society’s needs.

Key words: Inclusive Education, Assistive Technology, Students with disabilities, School learning.

 

  

 

SALVADOR - BAHIA - BRASIL

2009